Você tem mais de 18 anos?

Para continuar em nosso site você deve confirmar sua idade.

Assine o blog e concorra a prêmios

Assine o blog e concorra a prêmios

* = campo obrigatório

Blog da cachaça o Andante

2:05 3/09/2014

Cachaça artesanal – Processo de produção

Cachaça artesanal

Muita gente ainda tem dúvidas sobre como é o processo de produção da nossa querida e brasileira cachaça artesanal.

O processo de produção da cachaça artesanal é longo e dedicado. Geralmente, a cana é plantada ao lado do alambique, para garantir seu fornecimento e não necessitar de transporte. Isso acontece porque normalmente o pequeno produtor de cachaça artesanal não costuma a ter capacidade de estocar e fazer uma grande moagem.

Essa cana então é colhida e desempalhada, totalmente manual (sem a queima, como é feito no processo industrial de produção) e depois transportada para ao moenda. Ela é moída sem embebição, que é a técnica de colocar água no bagaço para retirar todo o açúcar. A garapa fresca é fermentada com pé de cuba, preparada pelo próprio engenho no início da safra. Essa fermentação costuma durar entre 24 e 30 horas.

A cachaça artesanal é então destilada em alambiques de cobre, que utilizam o calor da queima do bagaço pelo sistema de batelada (não contínua) onde se separa e elimina a cabeça, parte que representa de 5 a 10% do total a ser destilado. O coração, que corresponde aproximadamente 80% do total, é aproveitado e despreza-se o resto que é a água-fraca, ou cauda na qual o álcool etílico já está com baixa graduação e nesta condição arrasta os componentes com pontos de ebulição altos.

Então, é a hora do envelhecimento, que garantirá a cachaça artesanal propriedades sensoriais únicas. O rendimento desse processo é baixo, cerca de 130 litros por tonelada de cana.

Ficou com água na boca? Que tal experimentar a cachaça artesanal mineira “O Andante”? Visite nossa loja clicando aqui!

Current ye@r *

Sistema Web e SEO

Site desenvolvido por